Lançamento: EcoCasa Água e Quebra-Cabeças da Água

Gabriel Lima

Coordenador de Desenvolvimento at Aptor Software
Desenvolvedor por formação. Artista por teimosia.

Latest posts by Gabriel Lima (see all)

Ludo Educativo lança jogos voltados para o uso consciente da água

Games são recomendados para crianças a partir dos 7 anos de idade e podem ser utilizados como ferramenta de aprendizado em sala de aula

Ludo Educativo lança novos jogos voltados para o uso consciente da água (Quebra-Cabeça)

O grupo de desenvolvimento de jogos Ludo Educativo lançou neste mês dois games que tem como objetivo orientar crianças e adolescentes sobre o consumo consciente de água. O EcoCasa Água e o Quebra-Cabeças da Água proporcionam o aprendizado lúdico, relacionando atitudes corretas ao uso do bem natural.

A iniciativa dos desenvolvedores do Ludo Educativo começou a partir da crise hídrica que a região Sudeste do país enfrenta desde o ano passado. “A conscientização do uso da água é importante, pois ela é um recurso renovável, desde que seja usada de uma maneira consciente e criteriosa”, explica o coordenador de desenvolvimento do grupo, Gabriel Lima.

O Quebra-Cabeças da Água é recomendado para crianças e adolescentes entre a faixa de 7 e 11 anos. Já o Eco Casa é recomendado para crianças a partir de 7 anos. “O objetivo dos jogos é contrastar o uso consciente e inconsciente dos recursos hídricos através de uma forma lúdica com um gameplay atrativo, oferecendo mais um recurso de ensino para o professor”, comenta Lima.

O professor Elson Longo, coordenador do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), centro de pesquisa do qual o Ludo Educativo faz parte, explica que a conscientização precisa começar a partir dos primeiros anos de vida e o game é uma forma de criar uma nova cultura a partir das crianças. “A falta de conservação das florestas está conduzindo a um desequilíbrio ecológico, afetando principalmente o sistema hídrico”, aponta.

Ludo Educativo lança novos jogos voltados para o uso consciente da água (EcoCasa)Marília Faustino, professora de Ciências da rede estadual de São Paulo e desenvolvedora de jogos do grupo, elaborou o projeto pedagógico dos jogos. Ela comenta que os assuntos ciclo da água e consumo consciente estão previstos na grade curricular da rede de ensino do estado, aparecendo ao longo dos anos com enfoques diferentes. “Nosso objetivo é fornecer ao professor uma ferramenta a mais de ensino sobre o tema, uma vez que os jogos focam em atitudes a serem tomadas para o uso consciente da água, contrastando com formas de desperdício da mesma. Além disso, são jogos com um gameplay interessante e empolgante que também pode agradar o público não escolar e propiciar a aprendizagem sobre o tema”.

Como jogar?

Screenshot Quebra-Cabeça da ÁguaO Quebra-Cabeças, como o nome já sugere, é um quebra-cabeças tradicional, em que o jogador deve arrastar as peças com o objetivo de formar uma imagem retratando o uso da água. As imagens utilizadas no quebra-cabeças deixam claro qual seria o melhor uso da água para as tarefas diárias. Clique aqui para jogar.

Já o EcoCasa tem uma dinâmica adaptada a interfaces touch-screen, apesar de também estar disponível na versão web. No EcoCasa o jogador deve usar o mouse ou o toque para remover personagens que fazem o mau uso da água. Este personagem é então substituído por um novo, que faz o uso correto da água em diversas situações cotidianas. O objetivo do jogador é fazer com que a água da caixa d’água dure o máximo possível, ganhando pontos de acordo com o tempo de jogo. Clique aqui para jogar.

Crise hídrica

O Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de grande parte da região metropolitana de São Paulo, recebeu 151,1 bilhões de litros de água a menos do que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) esperava, levando em consideração o cenário mais pessimista. A pior previsão compara os dias de hoje com 1953, até então o ano mais seco da história do reservatório antes de 2014.

Sobre o Ludo Educativo

Ludo Educativo lança novos jogos voltados para o uso consciente da água (EcoCasa) 1O Ludo Educativo é um projeto de extensão universitária que surgiu em 2012, conta com cerca de 160 mil acessos mensais e tem jogos gratuitos sobre diversos assuntos que estão presentes no dia a dia de crianças e adolescentes, como a escassez de água, dengue, preservação do meio ambiente e a preparação para o vestibular.

A equipe do projeto é formada por designers e programadores da Aptor Software, uma empresa spin-off que surgiu nos corredores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Estadual Paulista (UNESP). Conheça mais jogos do grupo no site http://portal.ludoeducativo.com.br.

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP. O Centro também recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre UNESP, UFSCar, Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).

Crédito imagens: Divulgação/CDMF

Informações

Fernanda Vilela – Assessora de Comunicação do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF)

(16) 9 8178-2748

(16) 3351-8214

[email protected]

Conheça o CDMF – http://www.cdmf.org.br/